Teachers

Alexandre Pereira

Mestre e Licenciado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores pelo IST. Licenciado em Antropologia pela UNL. Gerente da firma Mediateca – Tecnologias de Informação, Lda., desde Julho de 1996, onde desenvolveu aplicações informáticas com fins de investigação científica, nas áreas de Psicologia Cognitiva e de Ensino à Distância, para as seguintes instituições: Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Lisboa, Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa, Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto, Faculdade de Motricidade Humana, Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental. Administrador da firma Klab – Laboratório de Inovação e Métrica, S.A., desde 2007, onde desenvolve aplicações para gestão da qualidade de processos e satisfação do cliente.

Ana Costa

Licenciada em Línguas e Literaturas Modernas (Francês/Alemão) pela Universidade de Lisboa. Jornalista, autora e apresentadora do programa diário “Lugares Comuns” na Antena 1, directora da Revista LER da Fundação Círculo de Leitores/Bertelsmann de Junho de 2000 a Maio de 2007. Integrou a equipa de redação da SIC Televisão entre 1995 e 2000. Colaboradora da TSF entre 1992 e 2009, foi igualmente autora e apresentadora dos programas “Com os Livros em Volta”, “Da Capa à Contracapa” e do programa semanal de entrevista “Do Outro Lado do Espelho”. Com programas culturais de autoria, colaborou ainda com a RTP, Antena 2 e Rádio Geste. Na imprensa escrita, colaborou na Grande Reportagem, Notícias Magazine, e nos jornais Expresso, Diário Económico, Público e Diário de Notícias. É ainda realizadora dos documentários Manoel de Oliveira Um Homem do Norte e Histórias de Lisboa - Wim Wenders em Rodagem. Presidente do prémio LER (inéditos de Ficção, membro do Júri do Prémio Cesário Verde. 

Anabela Afonso

Anabela Afonso, frequenta o curso de 3.º ciclo de Ciências da Comunicação, da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias (ULHT), pós-graduada em Direito da Sociedade da Informação (2012) pela UL, licenciada em Direito. Docente convidada da ULHT, desde 2000, no curso de 1.º ciclo de Cinema, Vídeo e Comunicação Multimédia, onde lecciona a unidade curricular Direito da Comunicação e Informação e do do Curso de 2.º Ciclo em Programação e Gestão Cultural onde leciona a unidade curricular Direito para as Organizações Culturais. Colaborou na obra "A Economia da Propriedade Intelectual e os novos Media: Entre a Inovação e a Protecção, Introdução, Vários Autores, Guerra e Paz, 2006, é autora de "O Regime Jurídico do Património Audiovisual, separata e texto incluído na compilação “Direito da Cultura e do Património Cultural, Lisboa 2011, edição da AAFL, Instituto de Ciências Jurídico-Políticas da Faculdade de Direito da UL.

António Afonso Costa

Mestre em estudos cinematográficos (2014) pela Universidade Lusófona e atualmente a frequentar o doutoramento em ciências da Comunicação. É professor e diretor do departamento de imagem na Universidade Lusófona e formador no Instituto Restart e na Escola World Academy. Exerce a profissão de diretor de fotografia tendo assinado até ao momento algumas obras.

Nasceu em Hamilton Canadá em 1962 filho de pais emigrantes que regressaram a Portugal em 1970. Depois fez os seus estudos secundários em Portugal na Escola Tomás Cabreira em Faro e mais tarde regressou ao Canadá tendo frequentado diversos cursos ligados ao cinema. Iniciou a sua carreira profissional na década de 80 em Toronto, Canadá tendo sido técnico de laboratório na Medallion Film Labs tendo também começado como assistente de imagem. Regressou a Portugal já nos anos 90 onde progrediu na carreira como assistente de imagem até à direção de fotografia em 2001. Como diretor de fotografia já recebeu diversos prémios entre eles Golden Eye na Tiblisi-Georgia.

Em paralelo com a direção de fotografia desenvolveu a sua vertente académica integrando a Universidade Lusófona como professor convidado em 2004 sendo hoje reconhecido pela mesma instituição, «especialista de reconhecida experiência e competência profissional».

Tony Costa é editor desde 1998 do diretório de produção em Portugal CineGuia e é membro da Federação Europeia dos diretores de fotografia IMAGO do qual já foi vice-presidente e atualmente é responsável como editor do site da federação.

Fundador da Associação de Imagem e da Academia Portuguesa de Cinema onde ocupa atualmente cargos dirigentes.

IMDB: www.imdb.com/name/nm1915801

António Cardoso

António Cardoso integrou a equipa docente da Universidade Lusófona em 2010, depois de concluir o mestrado Photographic Studies da University of Westminster, Londres. Com o seu trabalho exposto em Portugal, Reino Unido e Alemanha, atualmente António é doutorando em Arte Visuais na Universidade de Évora, com a tese 'O espectador sobre-estimulado. A recepção da arte fotográfica contemporânea.' O trabalho de António reflete sobre o ser-espetador e o valor do objeto fotográfico na era pós-digital.

António Rebolo

Fotografo e Docente.

Carlos Almeida

Docente do Departamento de Cinema e Artes dos Media na Licenciatura de Animação Digital. Sócio-fundador da empresa IrmaLucia que se dedica à pós-produção vídeo.

Carlos Manuel Pimenta

Carlos Manuel Pimenta

Licenciado em Ciências da Comunicação - comunicação, cultura e arte (FCSH| Universidade Nova de Lisboa). Mestre em Ciências da Comunicação (Cultura Contemporânea e Novas Tecnologias - FCSH da Universidade Nova de Lisboa). Curso de Gestão das Artes | Instituto Nacional de Administração - com Joann Jeffri - Columbia University. Curso de Fotografia (Ar.Co – Centro de Arte e Comunicação Visual). Frequentou a Faculdade de Motricidade Humana e a Escola Superior de Teatro e Cinema. Foi membro, entre 1979 e 2001, da Companhia do Teatro Nacional D. Maria II. Tem diversas participações, como ator, no teatro, televisão e cinema. Foi Coordenador do Departamento de Teatro do IPAE (Instituto Português das Artes do Espetáculo /Ministério da Cultura) – 1997 a 2001. Foi Presidente da GDA (Sociedade de Gestão dos Direitos dos Artistas Intérpretes). Entre 2006 e 2009 foi consultor do Instituto Camões para a internacionalização das artes.

Catarina Patrício

Catarina Patrício (Lisboa, 1980) é artista plástica e investigadora em pós-doutoramento com bolsa da FCT no CECL, FCSH-UNL, com o programa de trabalhos «smart City: cinema, utopicidade e governamentalidade na cidade pós-industrial».

Professora na UHLT desde 2010, Catarina Patrício é doutorada em Ciências da Comunicação pela FCSH-UNL, especialidade em Cultura Contemporânea e Novas Tecnologias, uma investigação financiada pela FCT sobre guerra e técnica.

Mestre em antropologia dos movimentos sociais pela FCSH-UNL (2008), Catarina Patrício é licenciada em pintura pela FBA-UL (2003) e estudou fotografia na Faschoschule Bielefeld em 2000.

Tem ensaios publicados em livros e revistas internacionais, organizou ciclos de conferências e coordenou exposições.

Catarina Patrício desenvolve a sua atividade entre a prática artística, o ensino e a investigação científica.

Célia Quico

Célia Quico

Professora auxiliar e investigadora na Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias (ULHT), Célia Quico leciona nas licenciaturas de Cinema, Vídeo e Comunicação Multimédia e Mestrado de Sistemas de Comunicação Multimédia. Desde 2003, faz parte do program committee da conferência internacional EuroiTV sobre TV interactiva. Em 2010 e 2011, Célia assumiu a função de program chair da conferencia EuroiTV, sendo ainda membro do steering committee desta conferência. Ainda, tem vindo a publicar diversos artigos sobre TV digital interactiva, media participativos e audiências/ utilizadores de media em livros e revistas científicas nacionais e internacionais, bem como tem participado como oradora em conferências e workshops relacionados com estas temáticas. m Setembro de 2008 prestou provas de doutoramento em Ciências da Comunicação na UNL-FCSH, tendo obtido a classificação final de Muito Bom com distinção e louvor por unanimidade.

Daniel Malhão

Fotografo e Docente.

David Novack

David Novack is a filmmaker, a sound engineer and sound designer.

He holds a degree in music from Berklee College of Music and an engineering degree from the University of Pennsylvania, in which he also has been teaching for several years in its School of Design.

As a sound designer and re-recording mixer, D. Novack’s work includes dozens of projects and major awards for documentary and fiction film productions, including Todd Haynes’ Velvet Goldmine, Living Out Loud, Last Days of Disco, Kids, Safe and The Corporation. He also designed, scored, notated and mixed theatrical and album sound effects for Roger Waters’ opera, Ça Ira.

As a filmmaker he directed, wrote and produced Finding Babel (a cross-genre documentary and art film on the life and work of Russian writer Isaac Babel) and Burning the Future: Coal in America (PBS, Sundance Channel, US State Department’s American Documentary Showcase), which won the prestigious IDA Pare Lorentz Award and the British Clarion Award, both for social documentary filmmaking. He also produced Kimjongilia, featuring the testimony of N. Korean refugees, which premiered at the 2009 Sundance Film Festival and won the 2010 human rights documentary award from the One World Brussels Film Fest of the Human Rights and Democracy Network.

IMDB: https://www.imdb.com/name/nm0636787/

Edmundo Cordeiro

Edmundo Cordeiro

Docente do Departamento de Cinema e Artes dos Media. Publicou os livros «Actos de Cinema» e «Pedro Costa e Pierre Perrault». Para si, a nudez é o único bem que possuímos neste mundo.

Elvis Veiguinha

Elvis Veiguinha

Elvis Veiguinha, é Produtor Musical, Sound Designer, Realizador e Sócio-Gerente da produtora de som e imagem DMIX - Digital Mix Música e Imagem. Licenciado em Comunicação e Multimédia pela Universidade Lusíada de Lisboa e mestre em Estudos Cinematográficos pela Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, é docente em três licenciaturas desta instituição (Cinema, Vídeo e Comunicação Multimédia, Animação Digital e Ciência e Tecnologias do Som) e na Escola Superior de Comunicação Social é docente nas licenciatura e mestrado de Audiovisual e Multimédia e no Pós-Graduação em Branding.

Filipe Luz

Filipe Luz

Filipe Costa Luz coordena a licenciatura de Aplicações Multimédia e Videojogos e é subdiretor da licenciatura em Animação Digital. Doutorado em Ciências da Comunicação, com vasta experiência de trabalho no ensino superior, leciona, participa em projetos de investigação, publica e apresenta trabalhos com frequência. Publicou o livro “Jogos de Computador e Cinema” (2009), organiza eventos de formação especializada e participa em projetos de comunicação visual para os mercados de entretenimento e publicidade. 

Filipe Vale

Docente no Departamento de Cinema e Artes dos Media nas áreas de montagem, e pós-produção e linguagem cinematográfica.

Francisco Santiago

Licenciado em Produção e Tecnologias da Música pela Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo do Porto, Mestrado em Acústica Arquitetónica pela Universidade de Engenharia e Arquitectura La Salle, em Barcelona e Mestrado em Educação Musical pela FCSH da Universidade Nova de Lisboa. É professor assistente convidado nas U.C. de Captação de Som I e Técnicas de Som I na licenciatura de Tecnologias da Música da Escola Superior de Música de Lisboa e nas U.C. de Engenharia Acústica e Laboratório de Som na licenciatura de Ciências e Tecnologias do Som da Universidade Lusófona de Lisboa. Como docente é ainda professor de Acústica & Produção Musical e Organologia & Psico-acústica na Escola de Música do Conservatório Nacional e no Conservatório de Música D. Dinis. Desenvolveu também recentemente a sua atividade profissional como formador do Plano Tecnológico da Educação em Quadros Interativos Multimédia para o Ministério da Educação.

Gonçalo Galvão Teles

Gonçalo Galvão Teles

Formado em Direito pela Universidade Clássica de Lisboa e com um Mestrado em Escrita para Cinema e Televisão (Universidade do Sul da Califórnia), Gonçalo Galvão Teles conquistou, graças ao argumento da curta-metragem de animação “A Suspeita”, o Cartoon D’Or (Prémio de Melhor Filme de Animação Europeu). Esta película recebeu mais de 30 distinções, onde se destacam o Prémio de Melhor Argumento, Melhor Filme Português e Prémio da Crítica Internacional no Cinanima.

Hedisson Mota

Natural de Winnipeg - Manitoba (Canadá), licenciado em Ciências Musicais (Universidade Nova de Lisboa) e mestre em Comunicação Multimédia (Universidade Aberta). Doutorando em Música, ramo de especialização em Acústica e Tecnologia da Música (Universidade de Aveiro). Docente na Universidade de Aveiro e na Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias (Lisboa) nas áreas científicas da música e produção áudio (musical e multimédia). Estudou piano jazz e composição no Hot Clube de Portugal. Como músico profissional trabalhou com Armindo Neves onde atuou com Paulo de Carvalho, Carlos do Carmo, Rita Guerra, Miguel Dias, Wanda Stuart, Miguel Ângelo, Carlos Barreto. Grava com Armando Teixeira (Balla), Sam e Olavo Bilac (Santos e Pecadores), António Mardel (com Rui Veloso) e Pluma. Produtor musical e compositor para conteúdos televisivos/publicitários para RTP, TVI, Sic Notícias, TVCine, MOV HD, TPA (Angola), TMN, CGD, BNI, Banco BIG. Sonoplasta MOV HD (ZON).

Inês Gil

Inês Gil

Diretora da Licenciatura de Fotografia e Professora Associada na ECATI (Escola de Comunicação, Arquitectura, Artes e Tecnologias da Informação) da Universidade Lusófona desde 2007, onde leciona cinema e fotografia desde 2000. Foi coordenadora do Arquivo de Fotografia de Lisboa do Centro Português de Fotografia entre 1998 e 2001. Depois de ter concluído uma formação especializada em conservação e restauro de fotografia e filme na escola IFROA (Institut Français e Restauration des Oeuvres d’Art em Paris) entre 1989 e 1994, concluiu o Doutoramento em Cinema na Universidade Paris 8 em 2002, com uma tese sobre a Atmosfera no Cinema publicada pelas Edições Gulbenkian em 2005; terminou um Pós-Doutoramento em 2010, com uma bolsa da FCT, sobre a “patina” fílmica e a sua utilização em filmes experimentais contemporâneos. Está a concluir um 2º pós-doc sobre o Sagrado no Cinema Contemporâno.

Inês Marques

Inês Andrade Marques nasceu em Lisboa em 1976. É doutorada pela Universidade de Barcelona – Faculdade de Belas Artes [2012]; tem o grau de Mestre em Desenho Urbano [2008] pela mesma universidade e é licenciada em Artes Plásticas e– Escultura pela Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa [2000]. Foi bolseira de doutoramento da Fundação para a Ciência e Tecnologia [2004-2009]. Foi professora assistente no Instituto Superior Dom Dinis Marinha Grande [2003-2005] e no Instituto Superior Manuel Teixeira Gomes – Portimão [2010-2012] Leciona na Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias –Lisboa desde 2010.  

Isabel Pires

Compositora e interprete de música acusmática, doutora em Esthétique, Sciences et Technologies des arts – spécialité musique pela Universidade de Paris VIII. Professora em Ciências Musicais, Univ. Nova de Lisboa, e responsável do LIM. Investigadora no CESEM, onde é membro da direção e coordenadora do Grupo de Investigação em música contemporânea. Os seus interesses são o funcionamento cognitivo da perceção auditiva; as caraterísticas físicas do fenómeno sonoro; as noções de espaço na composição musical. Interessa-se pela preservação de suportes áudio, tendo dirigido trabalhos nesse âmbito. Trabalha com o compositor François Bayle na análise de música acusmáticas. As suas obras incluem musica acusmática, instrumental e mista. Como intérprete, ganhou o 1° prémio do concurso Espace du son 2004, Bélgica. Das suas obras salientamos Incertitude, Méditations Intimes, Ombres, Le souffle d’un Nuage, Smoke of Memories, Le fil double, Réflexions Intemporelles, Sideral.  

Ivan Lopes Barroso

Docente.

João Abrantes

Desde 2007 Professor Catedrático da ULHT; Investigador do CICANT, co-coordenador MovLab, www.movlab.ulusofona.pt. Docência: Morfologia Humana Aplicada em Animação Digital; Biomecânica em Ed. Física e Desporto; Biomecânica Equina em Veterinária. Investigação: Metodologias de biomecânica como meio complementar de diagnóstico suporte para 4 orientações de doutoramentos (interação com Podologia, Exercício, Lateralidade, Atividade neuromuscular) e teses de mestrado (desporto e movimento equino). O registo do desenvolvimento científico pode sere consultado em: http://orcid.org/0000-0002-7628-0462 Anterior carreira académica na Universidade Técnica de Lisboa. Formação inicial, Ed Física, Investigador e tese de doutoramento no Instituto Gulbenkian de Ciência. Doutoramento, 1986; Agregação, 1999. Catedrático, 2000. Investigador do IDMEC/IST, 1993- 2005. Pró-reitor da UTL, 1989-2005. Gestor científico na Direção do GAPTEC/UTL, 1989-2007. Co-dirigiu o Laboratório de Marcha CMR Alcoitão, 1998-2012..

João Altavilla Canijo

Foi estudante de História, na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, entre 1978 e 1980, e entre 1980 e 1985, iniciou-se no cinema, tendo sido assistente de realização de Manoel de Oliveira, Wim Wenders, Alain Tanner ou Werner Schroeter. "Três Menos Eu" (1988) foi a sua primeira longa-metragem, entretanto seleccionada para o Festival de Roterdão daquele ano. Trabalhou esporadicamente como encenador, tendo dirigido peças de David Mamet e Eugene O'Neill. É autor de "Noite Escura" (2004), que estreou no Festival de Cannes de 2004, foi o filme português escolhido como candidato ao Óscar de Melhor Filme Estrangeiro desse ano e, arrecadou em Portugal, o Globos de Ouro para o Melhor Filme. Em 2011 ganhou o Prémio Melhor Realizador no Festival Caminhos do Cinema Português pelo filme "Sangue do Meu Sangue".

João Antero Ferreira

Nascido a 21 de Julho de 1957, casado, com 2 filhos. Além da docência, é realizador e produtor audiovisual, e como hobbies pratica Reiki, Meditação, Reflexologia e Magnified Healing. Viveu 8 anos no Brasil onde se licenciou em Cinema e Comunicação na Universidade de São Paulo, SP. É membro correspondente da Academia Nacional de Belas Artes.

João Carrilho

Compositor, improvisador, investigador e musicólogo. Inventor de instrumentos musicais electrónicos.

João Real

Docente.

Jorge Paixão da Costa

Jorge Paixão da Costa

Jorge Paixão da Costa é realizador de televisão e cinema e professor universitário na Universidade Lusófona. Licenciou-se em Cinematografia pela Universidade de Estocolmo em 1982. Frequentou o Masters School of the European Film Academy, em Berlim, no ano de 1992. Assinou mais de 25 obras entre longas-metragens, documentários, séries para televisão, telefilmes e novelas.

José Bragança de Miranda

José Bragança de Miranda

Docente da Licenciatura de Artes Performativas.

José Carlos Neves

José Carlos Neves

José Gomes Pinto

José Gomes Pinto

Docente da Licenciatura de Artes Performativas e Diretor do Doutoramento em Artes dos Media.

José Miguel Ribeiro

José Miguel Ribeiro

Realizador de animação de vários filmes com prémios nacionais e internacionais.

Júlio Barata

Júlio Barata

Docente do Departamento de Cinema e Artes dos Media na área de Cinema e Televisão. Mestrado em Estudos Cinematográficos e as pós-graduações: “Training the Trainers” na BBC Academy de Bristol, “Guionismo e Dramaturgia” no Instituto Espanhol e “Realização de Filmes Publicitários” no Instituto de Arte e Tecnologias. Autor do livro “A Re(E)VOLUÇÃO do Vídeo no Cinema e na TV”. 

Responsável pelo Departamento de Produção e  Realização da RTP. Produtor da RTP: Concerto Três Cantos - José Maria Branco, Sergio Godinho e Fausto; Espetáculo do Amor- Paulo de Carvalho; Paulo Flores; Festival Lusavox; 7 Maravilhas de Origem Portuguesa no Mundo; O Primeiro Olhar; Festival da Canção; Gato Fedorento; Dança Comigo. Concerto Rodrigo Leão; Duelo; Jogo Duplo, A Cor do Dinheiro, Anti-Crise, Boss AC, Gala SPA, Concerto Lucky Duckies, Gala da Academia de Cinema - Prémios Sophia, GNR no CCB, Concertos B´Leza e muitos mais.

Luís Cláudio Ribeiro

Luís Cláudio Ribeiro

Luís Cláudio Ribeiro é professor na Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, em Lisboa, e investigador nas áreas de Ciências da Comunicação e Cultura do Som. Recentemente publicou dois ensaios: O Mundo é uma Paisagem Devastada pela Harmonia [ensaio sobre o ruído e por natureza o som]. Vega, 2011; O Som Moderno: novas formas de criação e escuta. Edições Lusófonas, 2011. É investigador principal no projecto FCT: Lisbon SoundMap_ Mapa sonoro da cidade de Lisboa. A par da sua actividade universitária é escritor, tendo publicado, desde 1983, sete livros de poemas e quatro romances.

Luís Silva

Docente do Departamento de Cinema e Artes dos Media na área de Televisão. Desde 16 de Agosto de 1988 até à presente data, encontra-se integrado nos quadros da R.T.P., desempenhando atualmente a função de Responsável Operacional. Autor do Programa da Disciplina de Projeto e Tecnologias - Especialização Luz - 12º Ano do Curso de Comunicação Audiovisual dos Cursos Artísticos Especializados de Artes Visuais e Audiovisuais do Ministério da Educação.

Manuel José Carvalho Almeida Damásio

Manuel José Carvalho Almeida Damásio

Diretor do Departamento de Cinema e Arte dos Media da Universidade Lusófona. Professor agregado pela Universidade do Minho, Doutorado em Comunicação pela Universidade Nova de Lisboa. Autor de diversos livros e artigos em publicações nacionais e internacionais com revisão por pares.

Manuel Tentúgal

Docente.

Margarida Cardoso

Margarida Cardoso

Margarida Cardoso, 1963, Portugal. Realizadora e argumentista. Curso de Imagem e Comunicação Audiovisual da Escola António Arroio. De 1983 a 1995 trabalha como anotadora e assistente de realização em mais de 50 filmes nacionais e estrangeiros. É professora do curso de Cinema, Vídeo e Comunicação Multimédia da Universidade Lusófona de Lisboa. Desde 96 que realiza filmes de ficção e documentários. Em 1999 foi premiada com o “Léopards de Demain” no 52º Festival de Locarno e a sua primeira longa metragem “A Costa dos Murmúrios” teve a sua primeira apresentação no Festival de Veneza – Venice Days, 2004. Nos últimos anos afirmou-se como um dos nomes mais consistentes do cinema português. "Natal 71", "Kuxa Kanema - O Nascimento do Cinema", “A Costa dos Murmúrios” e a sua última longa metragem “Yvone Kane” têm em comum o tema da memória ligada a questões coloniais e pós-coloniais.

Margarida Prieto

Margarida Prieto

Docente do Departamento de Cinema e Artes dos Media e Diretora da Licenciatura de Artes Plásticas. Margarida Penetra Prieto (Torres Vedras, 1976) Vive e trabalha em Lisboa. Doutorada em Pintura - Belas-Artes pela FBAUL. Bolseira FCT (2008-2012). Investigadora do CIEBA-FBAUL. Mestre em Pintura pela FBA/UL (1994-1999). Percurso artístico sob o pseudónimo Ema M: EXPOSIÇÕES: 2014 HaiKai, curador Zalinda Cartaxo, Gal Amarelonegro, RJ, Visibilia, curador José Parreño, Museu Grão Vasco, Viseu O Ornitorrinco Branco, Fábrica das Histórias, Torres Vedras Lapsus Memorae, curador Paulo Gomes, Museu do Trabalho, Porto Alegre-RGS, Brasil. 2013 Ut Pictura poesis/Poesia Visual II, curador Alberto Saraiva, Oi Futuro Ipanema, RJ, Brasil Animus Ludendi, Galeria Amarelonegro, RJ, Brasil 2012 Fabuleira, curador Salvato Teles de Menezes, Fundação D. Luís I, Cascais 2009 Livro-Pintura/Pintura-Livro, curador José Maria Teles da Gama, Biblioteca Nacional, Lisboa 2008 O Livro-Pintura, FBAUL, Lisboa 2007 Casa de Bonecas, Galeria Muni.

Maria da Conceição Costa

Maria da Conceição Costa

Docente do Departamento de Cinema e Artes dos Media.

Mésicles Berenguel

Nasceu em Luanda em 1970. Ingressou na rádio aos 21 anos. Em 2006 licenciou-se em Psicologia Clínica pelo ISPA e fez mestrado em Neuropsicologia pela UCP. Realizou pós-produção áudio para televisão, foi assistente de formação e formador no CENJOR. Atualmente exerce Psicologia Clínica/Neuropsicologia na Casa de Saúde do Telhal, é sonoplasta na TSF-Rádio Notícias e docente na ULHT de Lisboa. 

Natalie Woolf

Docente no Departamento de Cinema e Artes dos Media na Licenciatura em Animação Digital e Design.

Nuno Beato

Nuno Beato

Realizador de animação de vários filmes. É sócio-gerente, produtor e realizador da empresa Sardinha em Lata. No campo da realização destacamos a série Ema & Gui - exibida em Portugal, Espanha, Itália, Finlândia, Coreia do Sul, Israel e Argentina e o filme Mi Vida en Tus Manos vencedor de 8 prémios e cerca de 100 selecções em festivais de todo o mundo. Concluíu o Mestrado em Estudos Cinematográficos da Universidade Lusófona em 2014.

Nuno Cintra Torres

Docente do Departamento de Cinema e Artes dos Media. MBA pela Universidade de Liverpool (homologado pela Universidade Nova de Lisboa) Senior Management Consultant na ZON Multimédia Autor de vários livros, dos quais "Televisão, o Nosso Medium Preferido", Edições Universitárias Lusófonas, 2011, e "Impactos ZON na Economia Portuguesa", ZON 2011 Colunista do Diário Económico às sextas-feiras. Diretor na RTP, estudos de audiência Autor, produtor e realizador de programas culturais, de entretenimento e documentários para rádio e TV Sócio fundador durante 19 anos de Cintra & Leal, a empresa que lançou o pay TV em Portugal Autor, realizador de campanhas políticas eleitorais de TV Business development para empresas de pay TV nacionais e estrangeiras.

Nuno Ladeiro

Licenciou-se em Arquitetura (PT) e realizou Mestrado em design pela Domus Academy (Itália). Em 1995 foi coordenador do plano de pormenor da Expo 98 em colaboração com o Arqº. Troufa Real. É autor de projetos de arquitetura e design, entre outros, um lar de 3ª Idade, um edifício de habitação em Gouveia, lojas para as marcas Dimensão, Rosenthal, Kit-Market, Serva, Artécnica e Poliform. No design industrial destacam-se a cadeira Lora Lora (selecção Best-Off – os melhores produtos portugueses), jarras Bali, copos (ilustração) para a marca alemã Ritzenhoff. Atualmente está a colaborar em projetos de mesas, cadeiras, linhas de banho e Cozinha para marcas portuguesas e italianas. É Diretor do MID (Movimento Internacional de Design), organiza congressos e exposições internacionais. Têm realizado publicações, estudos teóricos, conferências, lições especiais e seminários em Portugal e no Estrangeiro. É responsável pela marca Dimensão Nova. 

Orlando Franco

Vive e trabalha em Lisboa. Licenciado em Artes Plásticas pela ESAD-Caldas da Rainha, bolseiro Erasmus na Faculdade Belas Artes de Salamanca, Pós-graduação em Teorias da Arte na Faculdade Belas Artes Univ. Lisboa. Tem uma atividade plural no campo das artes visuais, como Artista visual, curador independente, professor e mediador cultural. Colabora com instituições de ensino e museológicas. No seu trabalho explora os meios da vídeo instalação, imagem (fixa e com movimento) e desenho. As suas pesquisas procuram ampliar e amplificar noções e conceitos como: tensão e suspensão, peso e leveza, conquista e frustração. As suas procuras incidem com frequência na noção física de corpo/máquina, que pode ser animal, mecânico, industrial ou objetual. Expõe regularmente desde 1999. 

Osvaldo Medina

Ilustrador, animador e docente.

Paulo Ferreira

Docente do Departamento de Cinema e Artes dos Media. Investigador na área da publicidade online e usabilidade. Está a escrever a sua tese de doutoramento sobre a resistência a processos de persuação em contextos digitais. Desenvolve a sua actividade profissional na área da implementação de soluções tecnológicas para ensino à distância. Tem uma larga experiência na área do webdesign.

Paulo Viveiros

Paulo Viveiros

Docente do Departamento de Cinema e Artes dos Media e Doutorado em cinema pela Universidade Nova de Lisboa, dirige o curso de licenciatura em Animação Digital da Universidade Lusófona.

Pedro Serrazina

Pedro Serrazina

Pedro Serrazina estudou arquitetura mas deixou o curso incompleto para se dedicar ao cinema de animação. A sua última curta “Os Olhos do Farol” combina personagens desenhadas com mar real e cenários pintados em tela, e foi premiada internacionalmente em mais de uma dezena de festivais. “Estória do Gato e da Lua”, seu primeiro filme, estreou no festival de Cannes’96 e ganhou 15 prémios internacionais. Em 1996 mudou-se para a Inglaterra para tirar um curso de mestrado no Royal College of Arts. Desde então tem combinado uma carreira académica com trabalho criativo em várias áreas: “Pequenas Estórias Sem Importância”, livro de ilustrações e contos, complementou performance para crianças no Teatro do Campo Alegre, Porto (2006), e uma instalação na galeria a9))) em Leiria (2011) são exemplos recentes. Foi diretor do curso de licenciatura em Animation Arts na University for the Criative Arts, Maidstone, e é professor convidado da Univ. Católica do Porto e da Univ. Lusófona de Lisboa.

Pedro Sousa

Licenciado em Design Visual e Mestre em Sistemas de Comunicação e Multimédia, com um percurso profissional ao nível da formação profissional e produção de média digital como freelancer ou em colaboração com empresas (desde 1996). Tendo como áreas mais especializadas: Animação 3D, Motion Graphics e Design gráfico. Participa, como um dos elementos nucleares, no projeto de freelancers Reactiva Lab. Este projeto abrange as áreas do webdesign; design gráfico; branding, motion media design e animação 3D. Docente da Universidade Lusófona nas áreas da animação digital, multimédia e computação de imagem digital.

Possidónio Cachapa

Possidónio Cachapa

Docente do Departamento de Cinema e Artes dos Media e escritor, argumentista e realizador. Autor de diversos romances, contos e novelas, entre os quais se destacam Nylon da Minha Aldeia (1997), adaptado ao cinema, e Materna Doçura (1998), além de diversos contos, crónicas, livros infantis e peças de teatro. Entre outros filmes realizou Adeus à Brisa, sobre a vida e obra de outro escritor, Urbano Tavares Rodrigues. A sua obra está traduzida em vários países, sendo objeto de teses universitárias internacionais e de adaptações a vários géneros artísticos. Doutorando em Ciências da Comunicação pela Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias. 

Ricardo Figueira

Ricardo Figueira, operador 3D (animador e modelador em Maya), ilustrador para marcas com carteira de clientes composta maioritariamente de Agências de Publicidade e Empresas Privadas.

Ricardo Lamy

Fotografo e Docente.

Ricardo Nunes

Docente do Departamento de Cinema e Artes dos Media na área de pós-produção vídeo.

Ricardo Viana

Rita Carvalho

Rita Mandeiro

Professor and Production Designer.

Rodrigo Peixoto

Rodrigo Peixoto

Doutorando e bolseiro da FCT em Ciências da Comunicação ne ULHT Mestre em Artes Plásticas. Curso Avançado de Fotografia no Ar.Co Bolseiro da FLAD na School of Visual Arts de Nova Iorque. Expõe individualmente desde 2001. Fundador da empresa Resize em 2000. Fundador do departamento Art Division na empresa L2Spirit S.A.- Dedicada à impressão em grande formato e contrôle de cor para artistas.

Rute Muchacho

Docente do Departamento de Cinema e Artes dos Media na área de design gráfico.

Sandra Ramos

Sandra Ramos

Moçambique, 1974. Portugal desde 1976. Licenciatura em Design de Equipamento, Faculdade de Belas Artes de Lisboa. Curso de Realização de Filmes de Animação, La Poudrière (França). Pequenas formações com grandes mestres, como José Miguel Ribeiro, Jiri Barta, Ferenc Cakó, Florence Miailhe, Paul Driessen, Anita Killi... Professora/formadora em cinema de animação desde 2005 - Ars Animación (Madrid, Espanha); Cinanima (Espinho); Monstra , Restart, EPI, Lusófona (Lisboa); ESAD.CR (Caldas da Rainha). Professora de desenho e pintura desde 2007 - Papelaria Fernandes e Atelier do Cardal (Lisboa). 

Sofia Raquel Guerra da Silva

Soraia Vasconcelos

Docente do Departamento de Cinema e Artes dos Media na Licenciatura de Artes Plásticas e Fotografia. Estudou Pintura, Fotografia e Filosofia. Doutorou-se na área das Artes Visuais pela Universidade do Algarve (2014), apoiada por uma bolsa da FCT. Licenciou-se pela Faculdade Belas Artes de Lisboa (2002), realizou um curso Técnico de Fotografia na ETIC (2002), uma Pós-graduação em Imagem Digital na Universidade Autónoma de Barcelona (2004) e uma Pós-graduação em Filosofia - Estética na Universidade Nova de Lisboa (2010). Mantém desde o ano 2000 uma atividade artística contínua, realizando exposições individuais e coletivas em diversas galerias e instituições e participando em residências artísticas. Em 2005 foi selecionada para participar na 1ª edição do Curso de Fotografia do Programa Gulbenkian Criatividade e Criação Artística, do qual surge, em 2006, o coletivo DOZE com quem desenvolve trabalho nas áreas da fotografia e da edição, nomeadamente o projeto "Paisagem e Povoamento". Em 2007 é acolhida pelo INEB (Porto) ao abrigo do Programa Rede de Residências: Arte, Ciência e Tecnologia (DGArtes / Ciência Viva). Em 2008 recebe a Bolsa de Jovens Criadores do Centro Nacional de Cultura. Em 2011, devido a um interesse crescente pelo desenho e técnicas de impressão, associa-se à Contraprova – Atelier de Gravura. Em 2013 co-organiza o programa de residências artísticas, Réplica - Reflexão sobre Gravura Contemporânea, com Margarida Palma da Oficina Bartolomeu dos Santos (OBS), em Tavira. Em 2014 passa a integrar a Direção da OBS.

Teresa Mendes Flores

Teresa Mendes Flores é doutorada em Ciências da Comunicação pela Universidade Nova de Lisboa desde 2010, com uma tese na área da teoria da imagem, da fotografia e da cultura visual, intitulada "A fotografia na produção do espaço e outras imagens. Investigação sobre as vistas de cima na cultura visual ocidental". É Professora Auxiliar da Escola de Comunicação da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, onde está desde 1997. Participou em vários projetos de investigação financiados pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia na área da fotografia e da imagem e é atualmente Investigadora Principal do projeto "O Impulso Fotográfico:medindo os corpos e os territórios colonizados. O arquivo fotográfico e fílmico das missões de geografia e antropologia" (PTDC/COM-OUT/29608/2017).

Publicou Cinema e Experiência Moderna (Minerva Coimbra, 2007) e Photography and Cinema (British Scholars, 2015), e vários artigos científicos. Trabalha na área da Cultura Visual.

Tiago Loureiro

Docente.

Tobias Frühmorgen

Victor Candeias

Victor Candeias

Docente do Departamento de Cinema e Artes dos Media, Mestre em Estudos Cinematográficos, e realizador. Leciona na Licenciatura de Cinema na área de documentário, e no Mestrado DocNomads onde também é membro do Academic Board. Doutorando em Ciências da Comunicação pela Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias.

Victor Flores

Victor Flores

Victor Flores é Professor Associado na Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias e investigador em media visuais no Centro de Investigação em Comunicação Aplicada, Cultura e Novas Tecnologias (CICANT). Recentemente coordenou o projecto de investigação “Stereo Visual Culture. The Visual Culture of Portuguese Stereoscopic Photography” financiado pela Fundação para  a Ciência e Tecnologia (2012-15) e fundou a Conferência Internacional ‘Stereo & Immersive Media: Photography and Sound Research’. É doutorado em Ciências da Comunicação pela Universidade Nova de Lisboa desde 2009 e actualmente lecciona em cursos de licenciatura e de doutoramento unidades curriculares de fotografia, cultura visual, análise de imagem e artes dos media. Organizou recentemente o livro bilingue The Third Image. Stereoscopic Photography in Portugal (Short  Digital Version, 2016, Documenta), tendo publicado anteriormente os livros As Imagens Técnicas e as suas Crenças (Vega, 2012) e Minimalismo o Pós-Minimalismo: Forma, Anti-Forma e Corpo na Obra de Robert Morris (Labcom, 2007). Desde 2015 foi curador de várias exposições dedicadas à fotografia estereoscópica. 

Coordenação Pedagógica

Projetos de Cooperação

Horário

Coordenação Pedagógica

  • Manhã
    10:00 - 13:00
  • Tarde
    15:00 - 18:00

Projetos de Cooperação

  • Manhã
    9:00 - 13:00
  • Tarde
    14:30 - 17:00

Universidade Lusófona, Campo Grande, 376, 1749 - 024 Lisboa. Gestão de conteúdos por Produção Multimédia
Copyright © 2018 Cinema e Artes Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias. All Rights Reserved.