Ficção

2015, Turp

Aleksander é um jovem de 25 anos que vive com a dor e a culpa de nada ter feito para tentar salvar os seus pais e irmão num massacre à sua casa por militares Jugoslavos/Sérvios aquando a guerra do Kosovo em 1999. Com isso, o jovem sente necessidade de cravar no seu próprio corpo um diário com memórias, dessa forma, nunca serão esquecidas.

Festivais
Mostrarte, Fantasporto e Short Film Corner Cannes
Realização
Liliana Gonçalves e Francisco Neves