Universidade Lusófona foi escola convidada da edição 2018 do FACT em Budapeste

A Universidade Lusófona/Departamento de Cinema e Artes dos Media, foi uma das escolas convidadas da edição de 2018 do Festival FACT, o festival de Arte, Cinema e Teatro de Budapeste.

Organizado pela Universidade de Artes do Cinema e do Teatro de Budapeste, onde se inclui a SFZE – Escola de cinema de Budapeste – já há vários anos parceira da nossa Universidade em vários projetos internacionais, este festival decorreu em Budapeste entre 1 e 4 de Fevereiro de 2018 e envolveu a apresentação de vários trabalhos produzidos por estudantes, desde peças de teatro a obras de cinema de curta-metragem, passando por instalações multimédia e um intenso programa de conferências e debates.

A nossa Universidade foi a par da escola de cinema de Colónia (Alemanha) IFS e da DAMU, escola de teatro de Praga (República Checa) uma das instituições convidadas para apresentar uma seleção de trabalhos dos seus alunos.

Assim, na tarde de sábado dia 3 de Fevereiro a programação foi dedicada a filmes produzidos pelos nossos alunos, tendo sido exibidas as obras “Bestas” do nosso licenciado Rui Neto, “Ivan” produzida no âmbito da LSF – Lusófona Filmes, pelo nosso licenciado Bernardo Lopes e as curtas metragens “Wild Game” de Jerónimo Sarmiento e “Roof Knocking” de Sina Salimi produzidas no âmbito do nosso mestrado Europeu Kino-Eyes.

Os alunos estiveram presentes na sessão acompanhados dos professores Gonçalo Galvão Teles e Manuel José Damásio.

Na tarde de 3 de Fevereiro o coordenador do DCAM, Manuel José Damásio, proferiu no âmbito do festival uma conferência intitulada “Challenges to Film schools in a digital environment”.

A presença no FACT insere-se na cada vez mais ativa e bem sucedida política de internacionalização do nosso departamento que assim continua regularmente a dar visibilidade à qualidade do trabalho produzido pelos nossos alunos.