Programação Cinetoscópio Fernando Lopes

Uma nova programação da Cinetoscópio (Risi Film, O Som e a Fúria e Gambito, empresa participante da Alambique) chega a Lisboa com a estreia exclusiva do filme "Vaca", de Andrea Arnold e o ciclo "Donbass - Terras em Disputa" com filmes inéditos sobre o contexto atual da guerra Rússia-Ucrânia.

A partir de 12 de Maio, chega ao Cinema Fernando Lopes, sala inserida no campus da Universidade Lusófona, um projeto de programação da Cinetoscópio em parceria com a Universidade Lusófona, o Departamento de Cinema e Artes dos Media e Lusófona Filmes.

Com uma programação eclética e inovadora, o Cinema Fernando Lopes pretende dar ao espectador uma selecção de filmes alternativos de forma a complementar a oferta cinematográfica da cidade e a prolongação de exibição de filmes que merecem mais tempo para encontrar o seu público. Simultaneamente, uma sala dedicada ao público jovem e universitário através de uma programação especificamente pensada para eles. 

O projecto inicia-se com a estreia exclusiva do filme Vaca no dia 12 de Maio, às 18h30 e ficará em sala durante uma semana. Luma, ou vaca nº 1129 é a protagonista do documentário da realizadora multi-premiada Andrea Arnold (American Honey, O Monte dos Vendavais e Aquario). Um olhar imersivo e emocional sobre a vida de um animal de quinta, apresentado na última edição do Festival Cannes.

A 19 de Maio às 18h30, estreia A Viagem do Pedro de Laís Bodanzky, filme de encerramento nesta edição do Indielisboa e que ficará igualmente em sala durante uma semana. No ano em que se celebram os 200 anos da independência do Brasil, A Viagem de Pedro, co-produção luso-brasileira entre Biônica Filmes, Buriti Filmes e O Som e a Fúria.  Um retrato de D. Pedro, interpretado por Cauã Reymond, com um elenco internacional composto por Victoria Guerra, Luise Heyer, Francis Magee, Isabél Zuaa, Rita Wainer, Welket Bungué, entre outros. 

Para além das estreias comerciais, o projecto conta ainda com ciclos de cinema temáticos na programação semanal. Os primeiros ciclos serão: 

- Donbass - Terras em Disputa 

Um ciclo que integra vários filmes inéditos em Portugal, provenientes dos principais festivais do mundo, de extrema atualidade e urgência que ajudam a perceber melhor o contexto atual da Ucrânia. O ciclo presta ainda homenagem ao realizador Mantas Kvedaravicius que faleceu durante a ofensiva russa na Ucrânia. As receitas de bilheteria do ciclo revertem para associações de apoio humanitário à Ucrânia.  

O ciclo integra a seguinte programação:

14 de Maio | 21h00 // 15 de Maio | 15h00

Mariupolis, Mantas Kvedaravicius, 2016, doc.

Estreado no Festival de Berlim, o realizador e antropólogo lituano Mantas Kvedaravičius foi morto aos 46 anos pelas forças russas em Mariupol, onde filmava as consequências do cerco e dos bombardeamentos sucessivos à cidade ucraniana, que antes fora tema do seu documentário “Mariupolis”, de 2016. 

20 de Maio | 21h00 // 22 de Maio | 15h00 

Atlantis, Valentyn Vasyanovych, 2019, ficção

Filme pós-apocalíptico num futuro próximo, ambientado num Donbass completamente deserto e inabitável. O filme venceu o Prémio de Melhor Filme na secção Orizzonti do Festival de Veneza e foi candidato da Ucrânia aos Óscares 2021. 

27 de Maio | 21h00 // 29 de Maio | 15h00

Bad Roads, Natalya Vorozhbi, 2020, ficção

Filme candidato aos Óscares pela Ucrânia em 2022 e vencedor de um prémio na Semana da Crítica de Veneza em 2020 conta quatro histórias que têm como pano de fundo o conflito no Donbass, baseado na obra de teatro homónima. 

3 de Junho | 21h00 // 5 de Junho | 15h00

War_Note, Roman Lyubyi, 2021, doc

O filme integra o Coletivo Babylon 13, um coletivo de realizadores criado durante os acontecimentos da praça Maidan em 2014. Vão documentando o conflito e realizando vídeos, curtas e longas à medida que vão filmando. Vídeos pessoais de telefones, câmaras de vídeo, e GoPros dos soldados ucranianos tecidas numa viagem surrealista à linha da frente da guerra com a Rússia. O filme mostra um mundo bizarro cujas leis são bastante diferentes daquilo a que estamos habituados.

 Outros ciclos em programa:

- WTF

Um ciclo dedicado ao cinema mais ousado, percorrendo caminhos entre o absurdo e o profundamente significativo. No mês de Maio a programação será constituída por Lamb, Valdimar Jóhannsson (15 de Maio | 21h00), Climax, Gaspar Noé ( 22 de Maio | 21h00) e Jesus Guia-te para a Autoestrada, Miguel Llansó (29 de Maio | 21h00). 

- Cinema For Future 

Um ciclo de cinema onde a cada semana se coloca a temática ambientalista no centro da discussão. Novas perspectivas e olhares sobre o mundo em que vivemos. Programação de Maio: Gunda, Victor Kossakovsky (21 de Maio | 21h00), Honeyland, de Tamara Kotevska e Ljubomir Stefanov (28 de Maio | 21h00). 

Eventos 

A sala receberá ainda eventos, encontros e debates, tornando o cinema num espaço de diálogo ativo e de reflexão com a presença regular de convidados da área do cinema e da cultura.

O primeiro evento será já no dia 13 de maio às 18h30 com "O Filme do Bruno Aleixo" apresentado pelos criadores e realizadores João Moreira e Pedro Santo. Neste evento será apresentado o teaser inédito do próximo filme "O Natal do Bruno Aleixo". 

A programação acontecerá sempre no Cinema Fernando Lopes da Universidade Lusófona que além desta proposta cinematográfica acolhe também a programação do Cineclube de Alvalade.

A programação acontecerá sempre no Cinema Fernando Lopes da Universidade Lusófona. 

O preço do bilhete será 6,5€ para estreias e 5€ para Ciclos e Eventos. Serão previstos descontos para os alunos universitários.

Para mais informações: cinema.fernando.lopes@cinetoscopio.pt

A Cinetoscópio é uma empresa recém nascida detida em partes iguais pelas seguintes entidades: O Som e a Fúria, uma das mais prestigiadas produtoras de cinema Portuguesas e Europeias, com atividade continuada desde 1998; a Gambito, empresa participante da Alambique Filmes, uma das mais sólidas e prestigiadas distribuidoras independentes em Portugal; e a Risi Film, empresa que gere em Portugal a plataforma VoD Filmin e organiza eventos cinematográficos como a Festa do Cinema Italiano e o Luso! Mostra Itinerante de Cinema Português na Itália. 

O projecto é uma colaboração entre a Cinetoscópio com a Universidade Lusófona, o Departamento de Cinema e Artes dos Media e a Lusófona Filmes. 

Estas três entidades criaram uma sociedade cuja atividade principal é a prospecção de salas de cinema de bairro nas principais cidades portuguesas.

  • Criado em .
  • Última atualização em .

Coordenação Pedagógica

M&ACKT
MEDIA AND ARTS CENTRE FOR KNOWLEDGE TRANSFER

Horário

Coordenação Pedagógica

  • Manhã
    10:00 - 13:00
  • Tarde
    15:00 - 18:00

M&ACKT
Media and Arts Centre for Knowledge Transfer

  • Manhã
    9:00 - 13:00
  • Tarde
    14:30 - 17:00

Universidade Lusófona, Campo Grande, 376, 1749 - 024 Lisboa. Gestão de conteúdos por Produção Multimédia
Direitos de autor © 2022 Cinema e Artes Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias. Todos os direitos reservados.