Documentário

2017, Looking China

looking china16

Looking China 2017 

Pela terceira vez consecutiva a Universidade Lusófona foi uma das escolas de cinema de referência a nível internacional convidadas para participar no programa anual Looking China, uma organização da AICCC (Association for the International Communication of Chinese Culture) e da Beijing Normal University.
Este ano sob o tema “Craftsmanship, Inheritance, Innovation”, três alunos do 3º ano da Licenciatura em Cinema, Vídeo e Comunicação Multimédia e dois do Mestrado em Estudos Cinematográficos foram selecionados para realizar cinco documentários inspirados por realidades do quotidiano e da cultura chinesa que conheceram em Kunming.
Com a orientação do Prof. Gonçalo Galvão Teles, os filmes foram realizados durante cerca de duas semanas em Abril passado, com a colaboração de um grupo de alunos da universidade local.

Continue a leitura

2016, Looking China

looking china16

Looking China 2016 

Pela segunda vez consecutiva a Universidade Lusófona foi uma das escolas de cinema de referência a nível internacional convidadas para participar no programa anual Looking China, uma organização da AICCC (Association for the International Communication of Chinese Culture) e da Beijing Normal University.
Este ano sob o tema “Charm, Minority Ethnics and Culture”, cinco alunos do 2º ano da Licenciatura em Cinema, Vídeo e Comunicação Multimédia foram selecionados para realizar cinco documentários inspirados por realidades do quotidiano e da cultura chinesa que conheceram em Jingning, província de Zhejiang.
Com a orientação do Prof. Victor Candeias, os filmes foram realizados durante cerca de duas semanas em Maio passado, com a colaboração de um grupo de alunos da universidade local (Zhejiang University of Media and Communications).

Continue a leitura

2015, Looking China

lookingchina

Looking China 2015 – Universidade Lusófona foi convidada para enviar 10 alunos à China para fazerem 10 filmes em 10 dias.

A Universidade Lusófona foi uma das cinco escolas internacionais de cinema convidadas para a edição de 2015 do Looking China, uma organização da AICCC (Association for the International Communication of Chinese Culture do Ministério da Cultura) e BNU (Beijing Normal University). O programa Looking China é um evento anual através do qual a AICCC e a BNU convidam cinco escolas de cinema de referência a nível internacional, para selecionarem um conjunto dos seus alunos para visitarem a China e filmarem a sua cultura.
Sob a orientação do Professor Gonçalo Galvão Teles, dez alunos da Licenciatura em Cinema, do Mestrado em Estudos Cinematográficos da Universidade Lusófona e do programa Essemble (programa de formação conjunta em cinema liderado pela Universidade Lusófona em parceria com a Luca School of Arts da Bélgica, Mohol Nagy University de Budapeste, Hungria e escola de Cinema de Colónia na Alemanha), deslocaram-se à cidade de Qingdao com o objetivo de descobrir a cultura chinesa e retratá-la num documentário de 10 minutos. Subordinado ao tema “Individual, Family, Nation”, os nossos alunos tiveram 5 dias para filmar e 5 dias para editar 10 documentários, que foram depois apresentados perante uma plateia cheia na cerimónia de encerramento do evento que decorreu na Universidade de Qingdao. O resultado? Um convite para participar na edição de 2016 e 10 filmes que podem ser vistos já esta sexta-feira, dia 19 de junho, às 18h no Auditório Agostinho da Silva da Universidade Lusófona.

Continue a leitura

2015, Amor sobre patas

amorsobrepatas

Ana tem dois trabalhos, o seu dia à dia é cuidar de animais. Vive entre o prazer e as dificuldades que o canil e uma clinica veterinária oferecem. O seu trabalho define-a e é inevitável que seja uma extensão da sua própria casa, como ela afirma: "Sou um animal, sou mais uma no meio deles".

Realização
Tiago Brandão.

2014, Walls

Walls was premiered nationally in DocumentaMadrid ’14, winning the Audience Award, and Internationally in DOKLeipzig. The film has been screened so far in more than 30 festivals in Spain, Argentine, Uruguay, Germany, Portugal, Sweden, Bosnia, Moldova, Cameroon, Brazil and China, receiving 10 awards mainly for Best Short Documentary and Best Short Film. 

In 2015 the film received the Goya Award for Best Short Documentary (Spain). 

Directed by:
Miguel López Beraza. 
Awards:
Goya 2015 for best short documentary, Festival Internacional do Documentário Estudantil de Curitiba 2015. 

 

2014, Super 98

Gergely vive num apartamento modesto nos arredores de Budapeste. Tem os seus hobbies, uma relação estável com a sua namorada e um emprego num posto de abastecimento de combustível. Para todos os efeitos é um cidadão anónimo a viver a sua vida simples na capital da Hungria. Mas será ele realmente assim tão comum?

Realização
Rommert Schrijver. 

Continue a leitura

2014, Path

Uma mãe solteira trabalha numa fábrica de vestuário à qual chega de camioneta todos os dias e cuida do seu filho. Os seus pais levam uma vida tranquila, inteiramente dedicada ao crescimento do seu neto. Ao filmar o quotidiano desta família que vive numa pequena vila na Hungria, Diana Pacheco revela as dificuldades de viver num caminho que parece traçado.

Realização
Diana Lagutienko. 

Continue a leitura

2014, Para lá do Marão

beyondmarão

“Beyond Marão” films an abandoned land and a hanging menace over its remaining population.   

Prémios
3.º Lugar Sophia Estudante 2016 - Documentário.
Festivais
Indie Lisboa 2015.
Realização
José Manuel Fernandes.

  

2014, O Que Resta

OqueResta Poster400

What happens to the memories, the experiences of a family when the house they lived in is emptied and sold? From the papers of a symbolic Portuguese nuclear family there emerges a history of the past century of a country rich in culture, contradictions and drama, all of which is dispersed one piece of furniture at a time.   

Festivais
Locarno Film Festival 2015, DocLisboa 2015.
Realização
Jola Wieczorek.

  

2014, Karl's Cookies

KARLSCOOKIE

Karl's Cookies relata a vida de um casal de americanos que decidiu alterar o rumo das suas vidas ao mudarem­se para Lisboa e abrir uma loja de cookies americanas.

Realização
João Bernardo, Mafalda Loureiro e Margarida Castelo Branco.

2014, Aconteceu Poesia

Aconteceu Poesia é o retrato de um casal de artistas com filosofias e gostos que nem sempre colidem. Entre quatro paredes, o casal aproxima-se do término das suas vidas, onde a fixação pelo passado é cada vez mais intensa.  

Festivais
Sophia 2015, 21.ª Caminhos do Cinema Português 2015.
Prémios
2.º Lugar Sophia Estudante 2015 - Documentário.
Realização
Maria João Rijo.

Aconteceu Poesia conta a história de um artista preso ao passado, que mesmo na velhice continua a fantasiar sobre o passado e possível futuro das suas obras. 

Continue a leitura

2014, A Passagem

“A Passagem” dá-nos um vislumbre das vidas de Idalina (82) e Brazida (79), duas Pastoras portuguesas do Algarve, que vivem no meio do nada. O filme fala de épocas das suas vidas, assim como o final de vida.

Realização
Sohel Rahman. 

Duas velhas irmãs com a sua filosofia estóica, contam a história do seu trabalho árduo, modo de viver, assim como a trágica morte acidental dos seus maridos e ainda mais, uma história igual a tantas outras de inúmeras pessoas honestas pobres em todo o mundo. Existe uma relação humana única e universal entre um realizador do Bangladesh e duas pastoras idosas portuguesas apesar da barreira linguística e sociocultural. Este é o filme final realizado no âmbito do Mestrado em Realização Documental DocNomads.

2014, A Dona da Ilha

“A vida de cada um está em constante mutação no espaço e no tempo: desde a adolescência a jovem adulto, depois para uma idade mais avançada, etc. De modo a não permitir que a nossa personalidade se dissolva, temos de integrar constantemente essas mudanças.” (János Háy)

Realização
Asia Dér. 

Continue a leitura

2012, PDL - LIS

A que sabe voltar à casa que julgamos querer abandonar de vez? Um jovem a estudar em Lisboa faz uma viagem a São Miguel para descobrir qual é a sua relação com a terra-natal à medida que a distância e o tempo os vão separando. Percorre e filma com um novo olhar os sítios onde cresceu e que até agora lhe traziam uma sensação agridoce. Neste exercício para um atelier de documentário da sua licenciatura, Lima repete continuamente que odeia a sua terra, mas é difícil acreditar nisso.

 

Festivais
Melhor documentário Over and Out 2013 – Cinema Turim;  selecção para secção competitiva, PrimeirOlhar dos XIV Encontros de Cinema de Viana 
Prémios
Prémio PrimeirOlhar dos XIV Encontros de Cinema de Viana.
Realização
Diogo Lima.

2012, Aldeia do Mito

Numa pequena aldeia, de nome Moledo, situada no Concelho da Lourinhã, todos os dias são narradas histórias e lendas sobre a terra onde D. Inês de Castro terá vivido o seu romance com D. Pedro I, após o exílio de Espanha.

Meros mitos para uns, fatos históricos para outros, reza a lenda que D. Inês, habitou num palácio Real, cuja existência nunca foi comprovada historicamente, despoletando ainda hoje nos carismáticos habitantes desta aldeia, um conflito de opiniões e teorias, sobre a veracidade destas histórias, presentes em cada café, praça ou banco de jardim. Um documentário de curta-metragem, concebido no âmbito da Licenciatura de Cinema da Universidade Lusófona. 

Festivais
XII Encontros de Viana, 28.º Festróia.
Prémios
Prémio PrimeirOlhar Cineclubes, nos XII Encontros de Viana.
Realização
André Tadeu, Sandra Fernandes e Sara B. Mendes.

2012, A Máquina

Um homem tenta construir uma máquina que crie uma energia eternamente renovável. Uma metáfora sobre o sentido mais profundo da vida e sobre a energia que nos anima: a eterna procura de um sentido.

Festivais
DocLisboa 2013 – Verdes Anos; Over and Out 2013 – Cinema Turim;  Olhares Frontais dos XIV Encontros de Cinema de Viana; Festroia; Festival IN, 11.ª Mostra Internacional de Filmes de Escola de Cinema, Perso - Perugia Social Film Festival, Curtas em Flagrante 2015, NAFF 14.
Realização
Mafalda Marques.

2011, Bela Adormecida

belaadormecida

Aquela que pretendia ser uma visita ao passado e presente daquela que foi considerada uma das maiores artistas do rock português, tornou-se na descoberta de um ser complexo e solitário. Bela Adormecida é uma odisseia deliciosa vida de Lena d’Água.

Ficha Técnica
Rogério Ribeiro Rogério, Sara Bernardes de Oliveira, Alexandra Ferreira, Lídia Bezerra, Edgar Vaz, Edgar Pacheco, Fábio Prado, André Santos, Matilde Andrade, Liliana Calapez.

2006, Sombras do Passado

A Mina de São Domingos é uma povoação de industria mineira que já não se encontra em actividade. Aparentemente é um local calmo e esquecido. Mas a presença da industria mineira deixou as suas marcas e se olharmos mais de perto é um local com um magnetismo especial. Os seus habitantes viram as suas vidas alteradas de alguma forma devido à implementação da indústria mineira nesta região.

Festivais
DocLisboa 2006; 8th Panorama of Independent Film Makers of T.V.C. TH na Grécia. 
Prémios
Prémio Sony para melhor primeira obra portuguesa.
Realização
José Fernandes.